O primeiro filho é aquele que recebe atenção máxima, que não consegue respirar sem que alguém esteja analisando seu comportamento e desenvolvimento. É aquele que gera uma expectativa imensa, porque seus pais não sabem se ele está aprendendo a rolar, sentar, engatinhar, e andar “no tempo certo”.

O primeiro filho recebe tantos aplausos! Porque falou, comeu, sorriu, correu… Coisas que todos os bebês fazem em algum momento, mas, como é a primeira vez que você realmente observou aquela ação com uma certa preocupação, e um certo orgulho, parecem feitos memoráveis!

O primeiro filho tem fotos como ninguém! Mesmo que elas só estejam na memória do seu celular – mas é inegável que você o fotografou em todas as poses possíveis e imaginárias!

O primeiro filho é aquele que te ensina a amamentar, a perceber o barulhinho do ar entrando pela boca, quando a pega está errada. É quem te ensina a superar a dor das primeiras semanas, por vezes com o peito em frangalhos, porque você sabe que o leite materno é o melhor alimento que ele poderia ter.

O primeiro filho te mostra que você não acerta sempre. Porque, mesmo com tantos cuidados, um dia ele vai cair e se esborrachar no chão. Pode ser também que ele caia da sua cama, umas duas ou três vezes (sendo que, na primeira, certamente você sairá correndo para o pronto-socorro).

O primeiro filho te ensina que você não controla tudo. Inclusive, pode ser que ele tenha demorado muito a chegar, muito mais do que você gostaria. Com ele você aprende que um filho não tem, necessariamente, os mesmos gostos que você, que tomaria caminhos diferentes do que os que você tomou.

O primeiro filho prova que ele tem metade dos seus genes, mas tem também metade dos genes do pai. É com ele que você aprende a amar virtudes no companheiro que você nem sabia que existiam, e que ele herdou.

O primeiro filho é, provavelmente, a primeira pessoa que você realmente amou na vida. Porque descobriu o que é colocar outra pessoa como prioridade na sua vida. É quem dá uma significado maior à palavra família, e quem transforma de fato sua casa num lar.